terça-feira, janeiro 08, 2008

O menininho.

E ele está aqui. Está de volta, mesmo depois de tempos tentando se esconder.
Tentando se esconder de si mesmo... dos seus mais profundo medos, dos seus mais aterrorizantes fantasmas. Sempre tentando se esconder em cada beco escuro, pensando que ali estaria a salvo. Mas ele nunca parou para pensar que nunca está a salvo de si mesmo... que ele pode ser quem ele quiser, ele pode tentar ser quem bem entender, ele sempre estará preso a quem ele realmente é.

Suas memórias são vagas... prefere não ter lembranças, pois elas o remetem a quem ele foi, a tudo o que ele fez e que desde então, tem vivido para esquecer.
Mas, há uma a qual ele não consegue esquecer...
O brinquedo. Aquele brinquedo.
Provavelmente nem tanto o brinquedo, mas o fato de alguém querer presenteá-lo com um brinquedo. Tudo o que ele precisava era disso, de um coração gentil pára guiá-lo através da escuridão. Talvez assim, ele não precisasse se esconder tanto de si mesmo.

O brinquedo era a chave, mas ninguém viu isso. Ninguém.

Desesperado, sozinho, incapacitado, desolado.

Agora, sem nenhum lugar para ir, sem nenhum lugar para se esconder. Tudo o que o resta é o silencio.... Frio por fora, frio por dentro. Tão frio, que o silência chega a machucar. Morrer ou dormir.... ele não sabe. Até que a sua luz se apague.

18 comentários:

Megafashionist disse...

Xiiiiiiii, em Bh eu não sei...rs

Tem na Osklen,na Mário Queiroz, na Moshe, em brechó, na Vrom.

Abraços!

Júlio disse...

perguntar se é autobiográfico é redundância. talvez a dor do escritor esteja aí limitada: só consegue escrever bem sobre aquilo que conhece. lerei os próximos posts.

Anônimo disse...

E seus textos me agradam :)
Entrou pros links, abraços

Rõdrigo disse...

Olá
rsrs

1ª vez q passo aki, e gostei bastante deste texto.
Parabens =D

Xau

Júlio disse...

Opa! Um também futuro psicólogo!! Mas vc não está me analisando, está??? heheheh

Di disse...

Olá menininho, q bom q tá de volta.
VC precisa arrumar o blog do divorciado ai do lado, agora é
http://dimagro.blogspot.com/
mudei tudo, e tô de dando trabalho.
Bjos

Thiago Ya'agob disse...

"... ele sempre estará preso a quem ele realmente é."


Interesante essa parte.

Goiano disse...

me diga: este texto foi metaforico?
o menininho é vc?
ai ... sou pessimo com lirismo...
bjos

FOXX disse...

mas o menino tem medo do escuro?

Kaka disse...

Olá! Tava sumido, hein? rsrs Ou seria eu? hehehe

Adorei o texto! Ótimo como sempre!

Beijo

Alberto Pereira Jr. disse...

o menino voltou! e percebeu que não pode se esconder, deve enfrentar nem que seja a dura solidão!

welcome back

:D

Tiago Conselheiro disse...

E o menino volta!
E mto bom acompanhar suas aventuras sempre!
Animado!
Alto Astral!
Sempre Mto Bom!

Bjo Be

méffews disse...

gente.
que bom que vc visitou meu blog..
pq vim ver oseu e AMEI
q textos liindoos.
realmente adoreei.
parabens super atrasado ehehe

bjooo

eskimo friend disse...

estamos presos a quem somos? tvz sm, tvz não...

Just a Boy disse...

menininho reapareceu e ja sumiu de novo
tsc tsc

Tiago disse...

Saudade Grandona de Vc

Goiano disse...

caraca vc abandonou o blog
nao pode

Candy disse...

adoooreiii o texto